O sono da mamãe e do bebê

O sono da mamãe e do bebê
Bebês Consultoria

O sono adequado (tanto para a mamãe, quanto para a criança) é essencial para uma vida saudável, e também o segredo para a felicidade e leveza nessa nova fase da família.

Porque o sono é tão importante?

Enquanto dormimos, os neurônios trabalham para reparar os danos causados no dia, como por exemplo o estresse e raios ultravioleta. O nosso sistema imunológico se fortalece e há liberação de hormônios.

A produção de proteína também acontece durante esse período. As moléculas formam os blocos de construção das células, permitindo os neurônios a fazer seu trabalho noturno.

O hormônio “leptida” e o do crescimento, por exemplo, são produzidos durante o sono. Crianças liberam o segundo hormônio em maior quantidade, por isso o sono deles também é primordial (quando envelhecemos, o hormônio também é liberado, mas em doses menores).

O corpo descansa, os músculos relaxam, você dorme, mas o cérebro se ocupa: faz conexões entre eventos, sentimentos, memórias e estímulos sensoriais. O sono ajuda na memória e estimula o processo criativo.

Ele é crucial por ser a fonte de energia que mantém a mente alerta e tranquila, assim como uma bateria recarregada após a noite de sono.

Quais as consequências de não dormir?

A falta de sono agrava a pressão arterial, o colesterol e as chances de desenvolver doenças (principalmente cardíacas). O aumento na produção de hormônios do estresse aumenta o nível de “inflamação geral” no corpo, criando maiores riscos de desenvolver doenças do coração, câncer e diabetes.

Estudos comprovam que a melatonina pode suprimir o crescimento de tumores. O câncer de mama e de cólon têm mais chances de serem desenvolvidos em quem tem carência de sono.

Quem dorme menos de 7 horas por noite é mais propenso a ter excesso de peso, pois a falta de sono afeta o equilíbrio dos hormônios que regulam o apetite.

O sono também afeta a química do nosso corpo: a serotonina, hormônio da felicidade, não consegue ser suficiente caso não ocorra boas noites de descanso, o que causa a propensão à depressão.

Em crianças, a falta dele traz mais malefícios: irritabilidade, TDAH, falta de apetite, muito choro, baixa imunidade, dor de barriga, obesidade e distúrbio de humor – entre muitos outros.

Se a mamãe não dorme direito, o que acontece?

A produção de leite pode ser demasiadamente afetada pela falta de sono. O pico de prolactina acontece na madrugada, período fundamental para aumentar o leite e renovar as energias.
Com a mamãe sem dormir, a paciência se esgota mais rápido, as mamadas noturnas tornam-se irritantes e desprazerosas e seu mau humor será sentido pelo bebê.

Como é o sono do bebê?

Crianças tem sono polifásico e por isso passam a noite e o dia acordando e dormindo novamente. O recém nascido tem 5 estágios de sono:

  1. O bebê começa a ficar sonolento
  2. Fase REM: ocorre o movimento rápido dos olhos e a respiração irregular. O bebê pode contorcer-se ou empurrar seus braços ou pernas, e seus olhos se movem sob as pálpebras fechadas.
  3. O sono do bebê é leve e a respiração torna-se mais regular. O bebê fica
    menos ativo durante esta fase.
  4. Nesta fase ocorre o sono não-REM profundo (também conhecido como sono tranquilo). O bebê para de se contrair e realizar outros movimentos e entra em um sono profundo. Esta é a fase mais difícil de acordar o bebê.

A partir dos 3 meses de idade, o bebê começa a produzir melatonina, e aos 5 o ritmo circadiano começa a assumir o controle.

O que é o ritmo circadiano?

Os ritmos circadianos são mudanças físicas, mentais e comportamentais que seguem um ciclo de cerca de 24 horas, respondendo principalmente à luz e escuridão no ambiente. O corpo faz e mantém seus próprios ritmos circadianos.

Esses ritmos podem alterar os ciclos de sono-vigília, liberação de hormônio, temperatura corporal e outras funções importantes. Estão relacionados ao sono e são importantes na determinação dos padrões de sono humano.

Como ele funciona?

O relógio mestre do corpo (SCN) controla a produção de melatonina. Está localizado logo acima dos olhos, que encaminha informações para o cérebro e o SCN recebe informações sobre a luz que entra.

Quando há menos luz, como à noite, o SCN diz ao cérebro para fazer mais melatonina para que você adormeça.

Quantas horas de descanso bebê precisa?

O sono da criança é fracionado: algumas horas na soneca durante o dia, e outras durante a noite.

  • No primeiro mês de vida, são necessárias 15h30 (8h30 durante a noite, e 7h de soneca durante o dia);
  • Aos 3 meses, 15h são suficientes (10h durante a noite, e 5h de soneca);
  • Com 6 meses, o bebê deve dormir 14h45 (11h durante a noite e 3h45 durante o dia);
  • Aos 9 meses, são 14h (11h durante a noite e 3h de soneca);
  • Com 12 meses, são primordiais 13h15 (11h15 durante a noite e 2h30 durante o dia);
  • A partir dos 18 meses, a criança passa a ter somente 1 soneca por dia (totalizando 13h30 de sono).

A “soneca” é realmente necessária para a criança?

O desenvolvimento físico e mental ocorre quando as crianças dormem – tanto a noite quanto durante o dia. Além disso, estudos científicos comprovam que as crianças que praticam as sonecas têm maior atenção do que as que não o fazem.

Quando as crianças descansam durante o dia, tendem a dormir mais e mais pacificamente à noite. O tempo de soneca varia de acordo com a idade: em um bebê de 1 mês de vida, por exemplo, o ideal são de 3 a 4 sonecas, diferente de um criança com 3 anos, que precisa somente de 1.

“Já fiz de tudo, mas o bebê não dorme!”

Calma, não se desespere! Amamente sempre que ele pedir, observe as necessidades e preferências da criança, estabeleça uma rotina da família e tenha apoio.

Caso necessite de ajuda extra, hoje em dia existem consultorias que têm como objetivo ajudar a família nessa nova fase, que é o caso da Mommy’s Angel Consultoria Materna: as profissionais identificam as dificuldades de cada bebê e assim elaboram um plano de sono e rotina personalizados, sempre orientando a família e todos os envolvidos no dia a dia da criança.

Mamãe, melhore seu sono!

Nós da Mommy’s Angel estamos sempre aqui para te ajudar, e dessa vez não seria diferente! Separamos algumas dicas para que você aproveite a maternidade de um jeito alegre e leve, como deve ser.

  • Descanse assim que seu bebê cair no sono! Aproveite a chance para dormir ou somente relaxar e fazer algo que goste;
  • Adeque seu ambiente de sono: deixe o local fresco, silencioso e escuro.
  • Desligue-se dos aparelhos eletrônicos! Leia um livro, escute música ou apenas tire uma soneca;
  • Tire um tempo para você. Enquanto a criança descansa, faça o que gosta para aumentar sua autoestima e confiança!;
  • Peça ajuda a outras pessoas em que confie. Ninguém é de ferro e as mamães também precisam de descanso!

Essa linda e nova etapa pode e deve ser vivida com tranquilidade!

Continua com dúvidas? Não hesite em nos pedir ajuda. Juntas somos mais forte!

Artigos Relacionados

Sono seguro para o seu bebê

Mommy´s Angel

Infância – A importância de brincar!

Mommy´s Angel

A privação do sono dos adolescentes e os distúrbios provocados à saúde

Mommy´s Angel

Deixe um Comentário