Higiene do sono do bebê

Higiene do sono do bebê
Bebês Dicas

Mamãe, já ouviu falar em ‘higiene do sono’? Esse procedimento poderá ajudar, e muito, o seu bebê a dormir melhor. Entenda como!

Esse artigo vai abordar um tema importante para a qualidade do sono dos bebês: a higiene do sono. Veja a seguir algumas dicas valiosas dessa “limpeza” e tente perceber se o seu bebê está com o soninho “limpo”. Se perceber que não está, vamos ajudar você a “limpa-lo” e tornar a rotina de vocês dois muito mais tranquila e saudável.

Os bebês dormem, em média, 15 a 16 horas por dia, incluindo o sono profundo da noite e as sonecas de dia, até por volta do terceiro mês de vida. Porém, eles não têm ciclos regulares de sono até completarem seis meses. Há bebês que dormem a noite toda desde o nascimento mas, em geral, eles costumam acordar várias vezes pela madrugada. Isso vai depender das necessidades e do ritmo de sono de cada um.

Bebês até 6 meses precisam dormir com frequência, geralmente a cada duas horas. Muitos deles não sabem disso e passam o dia lutando para não dormir, mas isso não quer dizer que não precisem. Cabe à mamãe ou outro cuidador propiciar uma boa rotina, um bom ambiente e levar o bebê para dormir antes dele ficar super cansado.

Depois dos 6 meses, esses intervalos de sono vão ficando maiores até que o bebê chega na fase entre 13 e 18 meses, quando ele já passa a fazer uma soneca só e aí fica boas horas acordado de manhã e outras boas horas à tarde.

Quando o bebê se recusa a dormir e as mamães não percebem que, mesmo sem querer, ele ainda precisa, isso pode gerar um super cansaço que traz tanto problemas de despertares múltiplos à noite como problemas para cair no sono na hora de ir para a cama. Cuide das janelas de sono do seu bebê e acompanhe o crescimento dessas janelas.

Entenda que o sono do bebê não é igual ao de um adulto

Bebês têm ciclos de sono mais curtos do que os adultos e passam mais tempo em sono mais leve. Esse é o sono REM, o tipo de sono onde acumulamos conhecimentos, onde formamos a memória, ou seja, o sono que favorece o aprendizado. Por isso, eles acordam mais vezes do que nós. E o sono é alimento. Você quer dar o melhor alimento para o seu filho não quer?

Você escolheu o aleitamento materno, escolheu os alimentos sólidos mais naturais, com menos açúcar (ou nenhum) ou quando não dá leite materno, por uma razão ou outra, escolhe o melhor leite, a melhor qualidade em tudo não é? Pois é, no sono é a mesma coisa. Escolha sempre o melhor sono para o seu bebê. Isso, às vezes, significa renunciar um pouco a vida social para que ele tenha o melhor ambiente de sono possível. Vai valer a pena!

Estabeleça uma rotina de sono

Fazer sempre as mesmas atividades à noite é uma forma de sinalizar ao bebê que está chegando a hora de dormir. Ao saber o que vai acontecer, ele se sente mais tranquilo e seguro – e fica mais relaxado para adormecer. Conheça a rotina que ajuda a preparar o bebê para o sono. Esses hábitos, conhecidos como integrantes da higiene do sono, devem ser feitos diariamente, sempre no mesmo horário, e incluem:

  • Dar um banho morno no filho à noite para acalmá-lo;
  • Trocar as suas roupinhas por um pijama confortável e quentinho;
  • Higienizar a sua boca ou escovar os seus dentes de leite (se eles tiverem algum);
  • Colocá-lo no berço de forma cuidadosa e delicada quando ele ainda estiver acordado, para que se habitue a adormecer sozinho – e não no colo dos pais;
  • Ler uma história para ele;
  • Diminuir as luzes do quarto para criar uma atmosfera calma e que favoreça o sono;
  • Dar um beijinho de boa noite e fazer um carinho suave no seu corpo;
  • Entoar cantigas de ninar ou colocar uma música propícia para ele dormir.

Compreenda e aceite as dificuldades com sonecas

Higiene do sono do bebêLivrar o seu bebê e você mesma do seu estresse com as sonecas é um passo importante para o sono diurno se tornar mais frequente e menos cansativo para todos. Alguns bebês já começam a gritar logo assim que a mamãe entra no quanto, antes mesmo dela começar o ritual de sono. Principalmente por volta dos 4 meses, é muito comum esse cenário.

Eles começam a entender que quando vão dormir a mamãe está lá na sala, e querem fazer parte de tudo, por isso, se recusam a dormir. Isso estressa muito as mamães que já sabem que a falta de sono numa soneca pode tornar o fim da tarde e o começo da noite muito cansativo para todos.

Tente fazer assim: Se o bebê chorou, gritou, ficou zangado, saia do quarto, brinque com ele mais 10 minutos e tente de novo, num outro ambiente também mais calmo. Tenha dois ambientes para soneca, um pouco mais claros a própria noite mas ainda assim não muito claros. Se possível, acostume o bebê em dois ambientes para sonecas. Quando ele recusar um, tente outro. Relaxe pensando que se estiver mais calma, ele vai ficar também. Vá tentando durante o dia assim.

Pense que se hoje não for bom, amanhã você tenta de novo. O tempo passa rápido e logo ele já vai estar mais acostumado a essa necessidade de sono. E tudo vai ficar bem. Aceite e acredite que é temporário e vai melhorar. Para limpar bem o sono do bebê , você deve estar o menos estressada possível!

Não conforte o bebê apenas com o seio

Quem amamenta sabe que o seio materno é mais que alimento para o corpo, é um alimento para a alma. O bebê precisa desse contato com a mamãe e dormir com o seio na boquinha é muito mais gostoso. Não há problema, desde que ele saiba dormir de outras formas também. Se ele não sabe, é preciso não deixar ele dormir com o seio na boquinha por um tempo até que ele conheça outras formas de conforto para dormir.

É importante para você não chegar aos 2 anos pensando que devia ter desmamado seu bebê e que a culpa dele não dormir bem é do aleitamento. Não é! Dar mamadeira ou fórmula não é necessário para ele dormir melhor. Vá tentando, diariamente, passar o bebê para outras pessoas ninarem, cantarem para ele e, se não der certo, traga-o novamente para o seu colo e tente amanhã de novo.

Dê o peito, quando estiver quase dormindo, tire, nine e cante para ele ou ligue o ruído branco. Se não der certo, volte para o peito, mas só um pouquinho e já comece de novo. Se está muito cansada, tente amanhã de novo. Um dia de cada vez, sem desistir e sem tornar todo mundo estressado demais.

Agora vamos às dicas mais práticas de higiene do sono

  1. Se ele quiser mamar ou for preciso trocar as fraldas, aja com calma

    Se você tiver de amamentar o seu filho de madrugada, procure não fazer muito barulho, nem conversar com o seu bebê. Deixe a luz baixa ou mesmo apagada e assim que ele terminar de mamar coloque-o novamente no berço.

    Se for preciso trocar as fraldas, evite movimentá-lo de forma brusca, para não despertá-lo completamente. Normalmente, bebês acordam porque estão com fome, com a fralda molhada ou suja, em estado febril ou não se sentem bem por algum outro motivo.

  2. Brinque bastante com ele durante o dia para gastar toda a sua energia

    Tente estender as horas durante o dia em que o bebê fica desperto para ajudá-lo a dormir durante períodos mais longos à noite. Para tanto, vale investir em atividades como brincadeiras, músicas e momentos de leitura.

  3. Respeite o espaço e o tempo da criança

    É importante deixar que o pequeno tenha seu próprio espaço para dormir – sua caminha e, se possível, seu quarto também. Durante a noite, evite atender a qualquer ruído, pois a criança precisa de um tempo sozinha para aprender a lidar com o sentimento de estar só voltando, muitas vezes, a dormir naturalmente.

  4. Aposte em cantigas e histórias

    As cantigas de ninar e as histórias para dormir são ótimas para acalmar o bebê e fortalecer o vínculo entre vocês!

  5. Prepare o ambiente

    É importante que, na hora de dormir, o ambiente esteja escuro, limpo, calmo, tranquilo, arejado e com temperatura amena. Se quiser, pode colocar uma tomada de luz azul no quarto, a cor ajuda a acalmar o pequeno, assim como uma música suave.

  6. Diminua o ritmo e a movimentação da casa

    Conforme for chegando a hora de colocar o pequeno para dormir, é importante diminuir o movimento da casa e deixar o ritmo mais tranquilo para que a criança não fique muito agitada.

  7. Coloque o pijama

    Mesmo que seu filho ainda seja bebê, ao trocá-lo para dormir, você ajuda a marcar a hora de ir para a cama.

  8. Aposte em um banho quentinho e massagem

    Banho e técnicas como a shantala ajudam a relaxar os pequenos e embalar o sono, além de ser um momento de muito carinho e afeto entre mãe/pai e filho.

  9. No sono diurno, deixe a luz entrar

    No caso de crianças mais novas, que tiram aquela sonequinha durante o dia, é importante deixar o ambiente iluminado para que o pequeno perceba e entenda os horários do dia.

Esperamos poder ter ajudado! Mamãe, somos especialistas no sono materno-infantil por isso, se mesmo assim, não conseguir implantar a “rotina certa” para o seu bebê dormir melhor, entre em contato com a gente em um de nossos canais que teremos o maior prazer em ajudar!

Fontes:
https://leiturinha.com.br/blog/higiene-do-sono/
http://www.danonebaby.com.br/desenvolvimento/sono-do-bebe-4-dicas-para-madrugadas-mais-tranquilas/
https://www.macetesdemae.com/limpe-o-sono-do-seu-bebe-ou-dicas-para-seu-bebe-dormir-melhor/

Artigos Relacionados

Gestantes devem se prevenir contra a febre amarela

enfaisoldaborba

Amamentação noturna, quando é a hora certa de parar?

enfaisoldaborba

Mala de maternidade, o que levar?

Mommy´s Angel

Deixe um Comentário