Amamentação na primeira hora: proteção sem demora!

Amamentação na primeira hora: proteção sem demora!
Amamentação

Amamentar o seu bebê, na primeira hora após o seu nascimento, é uma ação que só traz ganhos para mãe e bebê.

O aleitamento materno é conhecido por seus inúmeros benefícios. Afinal, o alimento mais completo do mundo, não só fortalece o vínculo afetivo entre mãe e bebê, alimenta e protege. Neste artigo, veremos por que é tão importante amamentar na primeira hora e descobrir as vantagens deste ato de amor.

Amamentação na primeira hora: proteção sem demora!A amamentação na primeira hora é uma recomendação dos pediatras pelos seus inúmeros benefícios para a interação da mãe e seu bebê. Sendo parto normal ou cesariana, a mãe poderá amamentar o seu bebê, logo após o nascimento e esse ato, para além de alimentar, protege e estreita os laços afetivos entre ambos.

Para a mãe, os benefícios também se verificam. Para além, de estimular a produção de leite materno, acelera a liberação da ocitocina, conhecida como o hormônio do amor, cuja liberação auxilia na inibição de hemorragias no período pós-parto, pela sua ação de contração do útero.

Quanto mais cedo o bebê começar a mamar no peito da mãe, maior quantidade de leite será produzida.

E isso tem uma explicação: nos seus primeiros momentos de vida, o movimento de sucção é mais intenso.

E os benefícios não terminam por aqui: o contato imediato, após o nascimento, do bebê com o corpo da mãe, transmitirá a sensação de segurança e conforto, reforçando, assim, os vínculos afetivos. Optar pela amamentação, logo após o parto, também poderá beneficiar o estreitamento de laços com o pai.

Cada vez mais, a figura paterna está interagindo de forma próxima, partilhando com a mãe, o cuidar do bebê. Muitos pais decidem acompanhar o parto, e na primeira hora, após o nascimento, da amamentação, poderão partilhar com a mãe e bebê, este momento único.

Considerado, o alimento mais completo do mundo, é muito fácil compreender por que esta frase

“Amamentar na primeira hora: proteção sem demora!”

, faz tanto sentido para a saúde e desenvolvimento do bebê.

Na primeira semana, o leite produzido pela mãe para efeitos de amamentação é conhecido como colostro. O colostro é rico em anticorpos, como as imunoglobulinas, protegendo o bebê, sendo reconhecida como a primeira maneira de imunização do bebê.

Fica clara a razão por que o bebê deve ser amamentado, logo, na primeira hora após o parto.

Mas, e no caso de mães que por inúmeras razões físicas, e psicológicas, como depressão, não podem amamentar? A amamentação é recomendada como alimento principal durante os seis primeiros meses de vida, até os dois anos, intercalado com outros alimentos.

O fato da mãe estar impossibilitada de amamentar, não significa que não haja outras alternativas como os bancos de leite humano, assim como fórmulas infantis com as propriedades do leite materno. A amamentação trará benefícios para o seu bebê e a composição deste alimento explica a sua importância.

Amamentação na primeira hora: proteção sem demora!O leite materno é composto por carboidrato; gordura; proteína; cálcio e fósforo; vitamina A; ferro. Sendo encarregados por garantir o desenvolvimento saudável do bebê. Como por exemplo, o cálcio e o fósforo que é responsável pela formação dos ossos e dentes e a vitamina A que potencia o desenvolvimento visual e o sistema imunológico.

Este alimento é facilmente digerido pelo bebê, não causando alergias, nem desconfortos, melhorando o funcionamento do intestino. E como outro dos benefícios é possível identificar o desenvolvimento da deglutição, da fala e também da função respiratória.

Como vimos, amamentação na primeira hora é uma decisão que, não só protege o seu bebê, permitindo que as bases para o seu desenvolvimento saudável, seja garantido, assim como o fortalecimento do vínculo afetivo entre a mãe e seu bebê. Proteger desde a primeira hora é uma decisão de amor.

Artigos Relacionados

Você sabe como funciona o trabalho de uma Consultora Materna?

Mommy´s Angel

Dica Mommy´s Angel: Amamentar dói?

Mommy´s Angel

É possível oferecer alimentos ao bebê e continuar amamentando?

enfaisoldaborba

Deixe um Comentário