A importância da amamentação para o fortalecimento do vínculo entre a mãe e seu bebê

A importância da amamentação para o fortalecimento do vínculo entre a mãe e seu bebê
Amamentação Bebês

A amamentação, para além de inúmeros benefícios físicos para mãe e bebê, traz benefícios emocionais, como o fortalecimento do vínculo entre a mãe e o recém-nascido. Neste artigo, mostraremos de que forma este fortalecimento acontece neste processo natural que é a amamentação. 

O leite materno é o alimento mais completo do mundo. Amamentar é um processo natural que vai sendo preparado pelo organismo da mulher, ainda na gestação. É, sem dúvida, um alimento que não só auxilia no desenvolvimento do bebê, protegendo-o contra doenças como a síndrome da morte súbita, infecções, entre outros benefícios.

No caso da mãe, as vantagens não são menores e nem menos importantes. As mães, ao amamentar, apresentam riscos menores de desenvolver câncer como os de ovário e mama.

Mas por que é consenso que o aleitamento materno ajuda no fortalecimento do vínculo entre a mãe e seu bebê?

A importância da amamentação para o fortalecimento do vínculo entre a mãe e seu bebêA explicação é simples: 20 a 30 centímetros é a distância máxima da capacidade de foco de um bebê recém-nascido. Ou seja, a posição de amamentação é a ideal para que o bebê consiga ver o rosto da mãe. Falamos do estímulo dos sentidos: a proximidade gerada, entre mãe e bebê, pela amamentação, permite os primeiros contatos com o mundo que o rodeia, e que aos poucos, vai descobrindo.

O vínculo, a ligação que envolve estes dois seres humanos, que é afetivo, desperta sensações que serão essenciais, não só para a construção desta ligação, mas ser também um fator de desenvolvimento físico e psíquico saudável do bebê. Segurança e acolhimento, são sensações sentidas no momento de amamentação pelo contato com o corpo da mãe.

O cheiro da mãe, por exemplo, é reconhecido pelo bebê. Em simultâneo, no momento da amamentação, é liberado no organismo da mãe, a ocitocina, um hormônio que é conhecido como hormônio do amor, responsável pela descida do leite, por meio das contrações uterinas.

Podemos observar que a amamentação é um processo fisiológico que alimenta o bebê garantindo, não só a sua sobrevivência, mas também o seu desenvolvimento. Mas, ele é muito mais do que isso: é um ato de amor que ativa os vários sentidos, quer da mãe, quer do bebê, que juntos descobrem e fortalecem este vínculo único, e poderemos dizer, intransmissível.

Mas, e no caso, das mães que por inúmeras razões não podem amamentar. A resposta é: o vínculo poderá ser estreitado, com a proximidade do bebê ao corpo da mãe, no seu colo, onde poderá sentir o calor, o cheiro e os batimentos cardíacos da mãe.

Muitas mães sentem-se culpadas pelo fato de não poderem amamentar seus bebês. Há o medo de que não consigam estabelecer o vínculo afetivo, que nos três primeiros de vida de todo bebê é tão importante. Não há motivo para isso.

A importância da amamentação para o fortalecimento do vínculo entre a mãe e seu bebêSim, a amamentação permite um estreitar dos laços, mas, a mãe poderá ter outras ações que permitirão que este vínculo seja fortalecido. São soluções simples e até, poderemos dizer, intuitivas: cada mãe sabe o caminho a seguir, mas há algumas dicas como cantar, conversar, aproximar o corpo do bebê ao seu, que poderão ser usadas.

O momento da alimentação, seja ele pela amamentação ou por outra estratégia, é ideal para que a relação, que foi sendo construída no ventre materno, tenha a sua continuação e fortalecimento. E isso não é difícil de compreender.

Se pensarmos que durante os três primeiros meses do bebê, ainda há uma ligação intensa com a vida intra-uterina, poderemos perceber a importância de recriar essa atmosfera de acolhimento enquanto a amamentação acontece.

Artigos Relacionados

Razões pelas quais devemos aprender a aplicar a Shantala em nossos bebê

enfaisoldaborba

Você sabe como funciona o trabalho de uma Consultora Materna?

Mommy´s Angel

Bebês arco-íris, porque são chamados assim?

Mommy´s Angel

Deixe um Comentário