Dar de mamar em público é certo ou errado?

Para a consultora materno-infantil, Cíntia Matieli é necessário que o ato de amamentar em público deixe de ser visto como algo sexualizado.

“As mulheres não devem se sentirem constrangidas ao amamentarem em ruas, metrôs e outros lugares públicos, porque o ideal é dar de mamar ao bebê quando ele demonstrar que está com o fome. O importante é que ele seja amamentado”, afirma.

Amamentar em público: o que as mulheres pensam sobre isso afinal?

A empresa Lansinoh realizou uma pesquisa com cerca de 14 mil mulheres em fase de lactação ao redor de todo o mundo para descobrir como elas sentem em relação à amamentação.

Como as mulheres brasileiras entendem o assunto?

O estudo mostrou que o Brasil é um dos países em que a maioria das mulheres que estão dando de mamar acreditam que oferecer o seio ao bebê em locais públicos é algo natural. Aproximadamente 1,1 (55%) das mais de 2 mil brasileiras entrevistadas deram essa resposta. Apenas 2,5% delas acreditam que amamentar em público é algo errado ou desnecessário.

Para núcleo de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria, o fato de estar em público não deveria ser um empecilho para dar de mamar ao bebê. O ideal é que seja feita a chamada amamentação em livre demanda: quando o bebê demonstra que está com fome, ele deve ser amamentado.

Cíntia Matieli dá a dica de como identificar quando o bebê quer mamar: “a criança fica extremamente inquieta, começa a fazer movimentos de sucção com a boca e vira para o lado do seio da mãe”.

Outro achado do levantamento aponta que, no Brasil, quantos mais filhos a mulher tiver, mais natural se torna amamentar em público. Mais de 70% das mulheres com mais de quatro filhos acredita ser natural dar de mamar em ambientes públicos, enquanto o índice é de 53% para as mães com apenas um filho.

Mesmo que a mãe e o bebê estejam em um local com grande circulação de pessoas ou não tão limpo, como uma estação de metrô, por exemplo, não há qualquer risco para a saúde deles em amamentar ali mesmo. O contato da boca do bebê com o seio da mãe é direto e não permite que micro-organismos entrem em contato com o bebê por esta via.

O que diz a lei sobre amamentar em público?

Uma notícia sobre o assunto circulou há dois anos nas redes sociais, mas não se enganem, foi mais um “fake news” da internet. Não existe nenhuma lei nesse sentido e, muito pelo contrário, existem leis completamente diversas dessa mentira. Em São Paulo, como exemplo, existe uma lei sancionada em abril de 2015 que multa um estabelecimento em valor até R$ 500,00 se o proprietário impedir o aleitamento materno de um bebê.

No Rio de Janeiro existe uma lei semelhante, sancionada pela prefeitura, porém a multa é de valor bem maior, chegando a R$ 2 mil. Leis semelhantes estão em discussão em outros locais e, para São Paulo, a Assembleia dos Deputados está estudando aplicar a mesma lei da cidade para todo o Estado.

F: Sociedade Brasileira de Pediatria e blog Jurídico Certo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *